Egito Antigo
 

História do Egito antigo

 

A História do Egito Antigo inicia-se por volta do ano 3.100 a.C., época em que as regiões do Alto e do Baixo Egito foram unificadas, e termina no ano 30 a.C.., quando a rainha Cleópatra VII foi derrotada na Batalha de Ácio, passando o Egito a ser uma província do Império Romano.

Períodos da história do Egito Antigo

Os historiadores dividem a história do Egito Antigo em vários períodos, baseando-se em dois critérios. O primeiro fundamenta-se no sistema de Maneton, um sacerdote egípcio do século III a.C., autor de uma história do Egito, na qual dividia os soberanos do país em trinta dinastias. A outra divisão habitual é em três períodos principais, denominados de "impérios" que correspondem a épocas de prosperidade, intercalados por três épocas de decadência social, cultural e política, conhecidas como "períodos intermediários". A estes seis períodos juntam-se o período pré-dinástico (anterior ao surgimento das dinastias) e proto-dinástico, o período arcaico e a era greco-romana.


Política de privacidade  |  Mapa do Site